Release

Kika apresenta sua música brasileira com harmonizações vocais de sabor beatlemaníaco sobre texturas jamaicanas, mistura musical que reflete suas influências em parceria com o novaiorquino Victor Rice. Victor produziu clássicos do reggae como "Dub side of the moon", do selo Easy Stars e atualmente assina a mixagem de boa parte da música independente de São Paulo. 

Acompanhada de Cuca Ferreira, Guilherme Held, Loco Sosa, João Leão e Victor Rice a cantora aposta numa sonoridade universal e inaugura sua estética miscigenada e cosmopolita. Através de sentimentos leves, imagens e sensações propõe uma abstração musical singela e consciente. 

"Kika, presa até as canelas no lodaçal jamaicano do dub mas sem perder o sol de vista, passeia sorridente por canções singelas e aparentemente frágeis, mas que escondem uma visão feminina incisiva e moderna.” (Alexandre Matias)

Começou a cantar quando estudava na USP em rodinhas de amigos, festas de faculdade e principalmente no CORALUSP. Criou nessa época o grupo vocal feminino “Trilha”, ao lado das amigas cantoras Ritamaria e Maíra Golovaty. O grupo gravou dois EPs e se apresentou em teatros, bares e festivais. Nessa época Kika integrou várias bandas e até uma nova formação dos “Secos e Molhados”. 

Estudou música na UNESP, virou professora de música e criou ao lado de Décio7, Cris Scabello e Marcelo Dworecki a banda de dub e afrobeat “Argamassa”, que marcou a definição da sua linguagem e a temática de suas composições. Foi com estes músicos que ela iniciou o processo que levaria ao seu primeiro disco.

“Pra Viagem” foi lançado em vinil de 10 polegadas e frequentou várias listas entre os melhores discos de 2012. Seu show de estreia foi selecionado pela Mostra Prata da Casa e pelo projeto “Levada – Oi Futuro Ipanema”. Kika foi homenageada pela rádio carioca MPB FM e recebeu espaço nos maiores jornais e revistas do país, além de gravar consagrados programas de TV, como Ensaio, Móbile e Cultura Livre.

Autora de temas com Bruno Morais, Pipo Pegoraro, Tika e com a banda Bixiga70, atua também como compositora de trilhas sonoras para teatro e cinema, com destaque para a premiada montagem “Teatro de Bonecas”, da dramaturga Milena Filó.

Em 2013 integrou o projeto “Afrosampa” ao lado de Criolo, Kiko Dinucci, Juçara Marçal, Décio7 e Guilherme Held em homenagem a Vinícius de Moraes e Baden Powel. Também com o guitarrista Guilherme Held e ainda com Victor Rice e Mariana Rillo, criou o coletivo audiovisual “Dub Hearts Club Band”, interpretando em linguagem reggae o álbum mais famoso dos Beatles. Em 2016 estreou com Tika e João Leão o projeto “Passarim”, uma releitura original em homenagem aos 30 anos do disco de Tom Jobim.

Sua música inova em texturas e desenhos rítmicos, e aposta na combinação de uma base moderna e processada a uma voz suave, de som aveludado. Kika canta tranquilamente, mantendo um compromisso com a naturalidade do canto que nunca se afasta da fala.